sexta-feira, abril 07, 2006

Da Arte do Comprometimento




Abandonar! Esta palavra é tão comum na minha vida. Em todos os sentidos: abandonar o amigo, o amor, abandonar uma idéia, abandonar a calma, a paz, abandonar o que está "quase conseguido"...


Quando estive no "templinho" da Monja Coen, percebi o que me faltava na vida: COMPROMETIMENTO. Em primeiro lugar comigo mesma, e depois... bem, depois é o passo seguinte. Encontrei tantas pessoas comprometidas com seus caminhos e comprometidas também em ajudar a trazer o caminho dos outros mais pra perto. Isso me encantou!

Nada de abandono, nada de recaídas egoístas, não neste caminho que começo a enxergar, graças ao comprometimentos de tantos, e agora, do meu também.

1 Comments:

Anonymous MAINHA said...

COMO JÁ TE FALEI, ACHO QUE ABANDONO É APENAS UMA SENSAÇÃO INTERNA,QUE SE VAI ASSIM QUE OLHAMOS PARA O OUTRO E NOS ENTREGAMOS A ELE.BEIJOS, MAINHA.

10:47 AM  

Postar um comentário

<< Home